Os Primeiros lugares - Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa

Resultado de imagem para primeiro lugarNa sociedade de hoje, é muito comum 
a corrida em busca dos PRIMEIROS LUGARES.
Isso cria muitas vezes um clima de concorrência e competição, 
de ódio e conflitos. O que vocês pensam a respeito disso? 

As leituras bíblicas nos propõem um caminho diferente:
o caminho da HUMILDADE e da GRATUIDADE...

A 1ª Leitura fala da virtude da HUMILDADE, 
uma virtude muito admirada por Deus e pelos homens. (Eclo 3,19-21.30-31)

* São reflexões de um sábio do Antigo Testamento (Bem Sirac).
Propõe a humildade como forma de "encontrar graça diante do Senhor. 
Humildade é fazer-se pequeno, é reconhecer a grandeza de Deus e confiar nele. 
E acrescenta: "Não existe remédio para o mal do orgulhoso, 
pois uma planta ruim está enraizada nele..."

A 2ª Leitura afirma que a vida cristã exige de nós 
determinados valores e atitudes, entre os quais 
a humildade, a simplicidade, o amor... (Hb 12,18-19.22-24a)

o Evangelho mostra que Jesus veio criar uma nova humanidade, 
fundamentada no espírito da humildade. (Lc 14, 1.7-14)

Jesus é convidado a um banquete na casa de um fariseu... e aceita...
Mas fica profundamente impressionado com duas coisas que observa:
a corrida pelos primeiros lugares e o tipo de pessoas que foram convidadas. 
E conta duas pequenas PARÁBOLAS:

+ A 1ª é para os convidados que escolhiam os primeiros lugares:
Aquele que ocupou o primeiro lugar teve de cedê-lo a um mais importante. Aquele que ocupou o último lugar foi convidado para um lugar melhor. 
E Jesus conclui: 
"Quem se exalta será humilhado e aquele que se humilhar será exaltado".

+ A 2ª é para quem convidara:
"Quando deres uma refeição, não convides os que poderão te retribuir...
Pelo contrário, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos... 
Terás uma recompensa na ressurreição dos justos..."

= Resumindo: Jesus propõe duas atitudes:
- Na escolha dos lugares: HUMILDADE...
- Na escolha dos convidados: GRATUIDADE: Amor sem interesses...

1. O que Jesus observaria hoje?

Na Sociedade, há ainda hoje pessoas correndo atrás dos primeiros lugares?
- Escolhendo o trabalho que lhes dê mais lucro...
- procurando lugares que deem destaque, status e importância;
- preferindo ocupações onde possam ter poder sobre os demais;
- ou ficando decepcionadas, quando ninguém lhes dá o "devido lugar?"
Na Igreja, também existe a corrida pelos primeiros lugares? 
A Igreja deve ser a comunidade onde se cultivam a humildade,
a simplicidade, o amor gratuito e desinteressado. - Mas de fato, é assim?
Ou assistimos às vezes uma corrida desenfreada pelos primeiros lugares:
pessoas cuja ambição se sobrepõe à vontade de servir… 
Buscam títulos, honras, homenagens, lugares privilegiados,
e não o serviço humilde e o amor desinteressado. 

- Na catequese, que Lucas nos propõe hoje, fica claro que as relações
entre os membros da comunidade de Jesus não se baseiam 
em "critérios comerciais", mas sim no amor gratuito e desinteressado. 
Só assim todos, inclusive os que não têm poder, nem dinheiro para retribuir,
terão aí lugar, numa verdadeira comunidade de amor e de fraternidade. 

- Como é bonito numa Comunidade, onde há humildade... solidariedade... sintonia entre as diversas Lideranças, Pastorais e Movimentos...
Não gastaríamos então tantas energias em pequenas implicâncias
e disfarçado espírito de competição...

Na Política, existe também a corrida pelos primeiros lugares?
E essa corrida é um desejo sincero de serviço pelo bem do povo
ou uma busca de vantagens para pessoas ou grupos? 
- Para garantir os primeiros lugares, podemos fazer uso de qualquer meio? 

2. Quem são os NOSSOS convidados? 

- Na Sociedade de hoje, costuma-se convidar quem garanta
lucro... recompensa... poder... fama... posição social... elogios...
- Jesus nos convida a uma atitude de GRATUIDADE... 

* Quando prestei um favor a gente simples,
sempre gostei de ouvir de uma expressão: "Deus lhe pague!"
Sim, o próprio Deus se torna o nosso grande FIADOR...

Dia do Catequista: 
Catequista, você é especial para Deus! 
Sua VOCAÇÃO foi gestada no coração do Pai, 
para que pudesse chegar aos corações dos seus filhos e filhas 
com a mensagem da VIDA: Jesus Cristo. 
Catequista, você é protagonista no processo 
de um NOVO JEITO DE FAZER CATEQUESE.

A todos os catequistas, o nosso reconhecimento e gratidão 
pelo belo e importante serviço que prestam à Igreja. 
São pessoas que aceitam o apelo de Jesus no evangelho de hoje:
Não ocupar os primeiros lugares e, sim, servir os irmãos 
com simplicidade, humildade e gratuidade. 
"Que Deus lhes pague".

Fonte: CEBI Nacional