Pronunciamento da Diaconia sobre o Atual Contexto Brasileiro

A Diaconia, organização não-governamental de inspiração cristã, plenamente comprometida com a defesa de direitos e o empoderamento das populações mais pobres do Brasil, particularmente no Nordeste, diante do atual cenário político, econômico e social em que vivemos, declara sua confiança na prevalência do Estado democrático de direito com todas as repercussões necessárias ao exercício da cidadania e da justiça pessoal e coletiva.

Cabe-nos declarar que a vontade soberana popular deve ser respeitada dentro dos balizadores do ordenamento jurídico brasileiro, sem que por quaisquer justificativas, sejam atropeladas a Constituição e as instâncias decisórias que regem o país. Interesses partidários, particulares, empresariais e/ou ideológicos não devem pautar a condução de processos tão amplos e complexos como estes que nos cercam. O personalismo surge, neste contexto, como uma das maiores armadilhas para implementação da justiça, salvaguardados todos os prazos e direitos à defesa dos acusados.

Ressaltamos especial preocupação com a participação midiática neste cenário, pois ao nosso ver, diferentes atores têm utilizado técnicas e estratégias que pouco auxiliam no processo de elaboração de uma consciência coletiva saudável. Informações seletivas, reportagens tendenciosas e opiniões de "especialistas", em geral, têm conduzido nossa população à desinformação, ao acirramento de posições, quando não ao surgimento de expressões de intolerância, radicalizações e violências, marcas características de conflitos sociais.

Aguardamos pela presença da sabedoria, da prudência e da firmeza na condução desta situação que atinge os poderes da República, onde diferentes atores encontram-se comprometidos com a correção, mas tantos outros praticam descaminhos e malfeitos. É necessário que estejamos atentos aos interesses que permanecem encobertos em situações como estas, bem como aos sujeitos e às instituições que integram movimentos para impedir a continuidade do atual governo.

Cremos que o Reino de Deus se faz presente através da prática da justiça, do diálogo e da paz. Renovamos nossa confiança na democracia e na capacidade que esta possui para resolver conflitos e desafios que tanto afligem a sociedade, especialmente os mais pobres.

A Diaconia, por fim, reafirma seu compromisso com a verdade e a vida para todos e todas!

Fonte: CONIC