Dia da Terra é comemorado com encontro internacional na ONU

O Dia Internacional da Terra, data comemorada todos os anos em 22 de abril, começou com um momento histórico. Nesta sexta-feira (22), mandatários e representantes de 171 países estão reunidos na sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York, para assinar o Acordo de Paris sobre a Mudança do Clima. 

Começando com um discurso do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o encontro entre nações tem como objetivo a ratificação do documento que foi criado com base na reunião internacional sobre o clima que aconteceu na capital francesa em dezembro do ano passado. 

No acordo, a principal meta apresentada é a de limitar o aumento da temperatura global em pelo menos de 2°C. 

"É uma corrida contra o tempo, a janela para manter o aumento da temperatura global abaixo 2 °C e, ainda mais importante, abaixo de 1,5 °C, está se fechando rapidamente", afirmou o secretário em seu discurso de abertura da cerimônia. 

"São 171 os países que estão aqui para ratificar. Estamos alcançando um recorde nesta sala, mas também fora, sobre as temperaturas globais, sobre o derretimento das geleiras e sobre o nível de gás carbônico na atmosfera. Por isso, peço a todas as nações que assinem rapidamente o Acordo de Paris, de modo que este possa entrar em vigor o mais rápido possível", concluiu Ban Ki-Moon. 

O encontro já representa um recorde já que ao menos 160 países já afirmaram que que assinarão o acordo, volume que supera o recorde anterior de 119 assinaturas conseguidas na Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, que ocorreu na Jamaica em 1982. 

Além disso, o Dia da Terra, data que surgiu em 1969 nos Estados Unidos e que se difundiu para mais de 190 países, tem como tema as árvores e a sua importância tanto para o meio-ambiente e para ecossistemas de milhões de espécies de animais, como também para a qualidade do ar e para o controle do aumento das temperaturas. 

Por isso, nesta 46ª edição, 22 de abril será o dia do "Árvores para a Terra" e que será marcado pelo objetivo de plantar 7,8 bilhões de árvores em todo o planeta para comemorar o 50° aniversário da data, que ocorrerá em 2020. 

O Dia da Terra também está sendo comemorado pelo Google, que lançou quatro doodles sobre a biodiversidade e o salvamento de espécies. As imagens, que mudam cada vez que um usuário entra no site de buscas, são de um polvo no oceano, de um urso-polar na neve, de um elefante nas savanas africanas, de uma tartaruga no deserto e de uma raposa em uma floresta. (ANSA).

Fonte: CEBI Nacional