Mulher, Toma teu cântaro e vai .... Ir. Helena Rech

Mulher, toma teu cântaro e vai...
Anuncia que é mulher,
mulher como tantas deste mundo,
mas não deixes de dizer que

Tu és mulher apaixonada,
mulher fecundidade gerando o novo,
mulher que ama porque é livre,
mulher capaz de quebrar o frasco
e derramar o bálsamo sobre os irmãos
de inundar a sala de perfume.

Tu és mulher ungida-consagrada,
encarnada na história,
sem medo de amara, de lutar,
e sem ódio brigar pela justiça.

Tu és intercessora para que a água se torne vinho
e pão seja partilhado,
para que o pequeno seja olhado,
a mulher seja acolhida,
o homem ajudado
e o rosto materno de Deus revelado.

Sim, toma teu cântaro e vai,
derrama flores de seu jeito feminino
e enfeita esse mundo tão quebrado,
abre teu útero e gera o novo
porque tudo está tão velho e machucado.
Rasga o espaço que é só teu,
abraça, acolhe, gera, partilha, reza,
ama, chora, vibra, mas não esqueça:
TUDO É DOM. TU ÉS DOM!