Discurso do Papa Francisco ao Parlamento Europeu

Mensagem de esperança e encorajamento.
Vale a pena ler o discurso lúcido, corajoso, profético que o Papa Francisco pronunciou ontem ao Parlamento Europeu. 

Profeticamente o Papa disse:

"Realmente que dignidade existe quando falta a possibilidade de exprimir livremente o pensamento próprio ou professar sem coerção a própria fé religiosa? Que dignidade é possível sem um quadro jurídico claro, que limite o domínio da força e faça prevalecer a lei sobre a tirania do poder? Que dignidade poderá ter um homem ou uma mulher tornados objeto de todo o gênero de discriminação? Que dignidade poderá encontrar uma pessoa que não tem o alimento ou o mínimo essencial para viver e, pior ainda, o trabalho que o unge de dignidade?"

"Promover a dignidade da pessoa significa reconhecer que ela possui direitos inalienáveis, de que não pode ser privada por arbítrio de ninguém e, muito menos, para benefício de interesses econômicos."

Leia aqui a íntegra do discurso do Papa Francisco ao Parlamento Europeu.